Paris

    DESCUBRA COMO CENTENAS DE BRUXAS E BRUXOS FORAM AJUDADAS A ENCONTRAR SEU CAMINHO NA BRUXARIA MODERNA

    Ataque e Defesa Astral

    Ataque e Defesa Astral 

    A disseminação de conhecimento oculto é maior neste momento que em
    qualquer época anterior da história. Ao mesmo tempo, a Passagem dos Aeons, que
    ocorreu em abril de 1904 da era vulgar, mudou completamente as condições do
    desenvolvimento psíquico. As palavras de passe e os sinais religiosos das antigas
    fraternidades iniciáticas, e das religiões estabelecidas perderam todo o seu poder
    mágico. Isto é um fato de que pouca gente se tornou consciente ainda.
    Livros de feitiçaria, de baixa magia, e de psiquismo passivo se aglomeram
    nas estantes das livrarias com tratados sobre “parapsicologia”. Charlatões
    inescrupulosos se arvoram em “doutores” dessa nova “ciência”. O fato é que não existe
    qualquer universidade séria no mundo que dê diplomas de doutorado em parapsicologia.
    O assunto é estudado em muitos centros de ensino, mas apenas como um ramo, ou
    especialidade, da psicologia ou da psiquiatria. Pessoas que alegam ser
    “parapsicologistas formados” são tão mentirosas quanto aquelas que alegam que existiu
    um homem chamado “Jesus Cristo”. Não existiu tal homem: o moto mágico “Jesus
    Cristo” foi uma fórmula de poder no Aeon passado, a qual, pronunciada com fé,
    protegia contra ataque; mas não protege mais. Pelo contrário, aqueles que usam este
    nome correm perigo de atrair a influência das correntes mortas que ainda circulam (por
    virtude do momentum adquirido durante séculos de imantação), mas que não têm mais
    qualquer elo com a Hierarquia espiritual que zela pelo destino da humanidade.

    Marcelo Ramos Motta 

    Tamanho: 485 KB



    Paris

    QUE TAL APRENDER A SE MAQUIAR DE ACORDO COM O SEU SIGNO ?






    Curso Online Marmitas Saudáveis
    Para você ter uma vida mais saudável
    Não se alimenta de forma correta;
    Trabalha em uma rotina pesada durante a semana;
    Não consegue pagar suas contas;
    Não ganha o valor que gostaria;
    Não consegue dar uma vida melhor à sua família;
    Não sabe o que fazer para mudar essa situação;
    Vive apertada com as contas;
    Gostaria de ter mais tempo livre;
    Gostaria de trabalhar mais próximo dos seus filhos;
    Está cansada de não ser valorizada no trabalho atual.